Fique Informado Eleições da ANFFEMA Triênio 2017/2019

Diretoria Executiva da Anffema

 

Elias Cavalcante de Oliveira

Presidente 

 

Vago

Vice-Presidente  

 

Ademar Takeo Matsunaga

Diretor de Administração e Finanças 

 

Vago

Secretário-Geral   

 

Jean Túlio Cunha dos Anjos

Diretor de Assuntos Jurídicos 

 

Plinio Lucimar de Medeiros

Diretor de Valorização de Aposentados e Pensionistas

 

Vago

Diretor de Articulação Política e Comunicação Social

 

Vago

Diretora de Assuntos Sócio-Culturais 

 

José Carlos Pereira Leite

Diretor de Assuntos Técnico-Científico 

 

Marcos Antônio Reis Fróes

Ouvidor-Geral

 

 

 

Conselho Fiscal da Anffema

 

Aldemar Pereira de Medeiros

Presidente 

 

Edson de Lima Ferreira
Secretário


José Odécio da Costa
Membro 

 

Escrito por secretaria   


4. Os atuais membros da Diretoria e das Representações da ANFFEMA, poderão concorrer à reeleição.

5. O Presidente do Conselho Fiscal e as Assembléias Gerais nos Estados e Distrito Federal, conforme prevê o Art. 42 do estatuto, instituirão Comissão Eleitoral, composta por três membros, cabendo a um deles a coordenação dos trabalhos, a quem competirá:

5.1 Organizar a eleição;

5.2 Julgar as impugnações apresentadas contra os candidatos à eleição;
5.3 Julgar os demais incidentes ocorridos no curso do processo eleitoral;
5.4 Proceder à apuração dos votos;
5.5 Proclamar os resultados da eleição e empossar os eleitos;

 a) As chapas concorrentes à eleição da Diretoria e das Representações da ANFFEMA deverão ser sempre mistas, ou seja, integradas por associados que executam atividades finalísticas de controle e fiscalização, exceto quando não houver associados em uma dessas áreas e, no caso de existir, quando não demonstrarem interesse em concorrer eleição.

b) O registro das chapas candidatas a essas eleições deverá ocorrer até o dia 14/10/16, ou seja, no prazo máximo de (30) trinta dias anteriores à realização das eleições, mediante requerimentos dirigidos à Comissão Eleitoral, com a apresentação de chapas completas e programa de trabalho. (Redação dada pela AGN de 04/09/08)

c) No caso de impugnação, a chapa deverá apresentar substituto para o candidato impugnado, no prazo de 48 horas, sob pena de cancelamento do registro.

d) Ao candidato impugnado será garantido direito de ampla defesa, a ser apresentada até os cinco dias subseqüentes à ciência da impugnação.
e) Admitido o registro das chapas, o Presidente da ANFFEMA e os Representantes, em 48 horas, publicarão edital nominando as chapas, os candidatos e respectivas Representações, comunicando de imediato os interessados.
f) A Diretoria providenciará cédulas de votação que deverão ser de preferência impressas, após aprovação das chapas concorrentes.
g) Antes de receber a cédula de votação rubricada pelos membros da Comissão Eleitoral, cada associado em condições de votar assinará a lista de votação para posterior confronto entre o número de votantes e a quantidade de cédulas utilizadas.
h) As cédulas com rasuras ou com preenchimento indevido, a critério da Mesa de votação, deverão ser anuladas.
i) A eleição far-se-á por voto direto e secreto dos associados da ANFFEMA, em dia com suas obrigações estatutárias, com inicio às 09 horas e término às 17 horas.
j) Será permitido o voto por correspondência, mediante sobrecarta.
k) Não será admitido o voto por procuração.
l) Durante a votação e apuração dos votos pela Comissão Eleitoral serão admitidos 03 (três) fiscais no local dos trabalhos.
m) Os votos serão computados individualmente pela Comissão Eleitoral, que lavrará em Ata o número de votos obtidos por cada chapa, além dos votos em branco e nulo.

5.6 Proclamar-se-á eleita a chapa que obtiver a maioria simples dos votos.
5.7 Em caso de empate considerar-se-á eleita a chapa que tenha o candidato a Presidente com maior tempo de filiação e, persistindo o empate, o de maior tempo de serviço público.
5.8 Os membros da Diretoria e das Representações da ANFFEMA que forem eleitos serão empossados pela respectiva Comissão Eleitoral, no (quinto) dia útil do mês de janeiro do ano seguinte, em cerimônia previamente divulgada a todos os filiados. O período entre a eleição e a posse será utilizado para o processo de transição entre os membros da Diretoria e das Representações.

Brasília, DF, 13 de Setembro de 2016

Elias Cavalcante de Oliveira
Presidente da ANFFEMA

 
 
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos
  • Fotos

Enquete

O que você prefere ?
 

Links




Representantes Estaduais da Anffema

 

Manoel Adalberto Dourado Gomes

Acre 

Everaldo Rocha de Queiroz
Bahia 

Luiz Carlos Fonseca Meira
Ceará 

Fábio Murilo Wagnitz
Espírito  Santo 

João Batista Figueiredo Mendes
Maranhão 

Erivaldo Correia da Silva
Mato Grosso do Sul 

João Batista da Silva
Pará 

Fábio Andrade Diniz
Paraíba 

Ana Silvia Kozloski Wille de Abreu
Paraná 

 José Maurício Barbosa Silva
Pernambuco 

Aflaudísio Inácio Ribeiro
Rio Grande do Norte 

Joel Alves Gomes
Tocantins